A Sessão Cinemateca é uma parceria entre o Cinema da Fundação e a Cinemateca Pernambucana, para exibir filmes e promover debates em torno da cinematografia do nosso estado. As sessões sempre são seguidas de conversas com os diretores dos filmes exibidos ou críticos especializados. Acontece sempre no último sábado do mês, às 16h.
A entrada é gratuita.


SESSÕES REALIZADAS EM 2019
27 julho | Aitaré da Praia
Ficção. De Gentil Roiz. Com Ary Severo, Almery Steves, Rilda Fernandes. O pescador Aitaré namora Cora, moça inocente de uma pequena aldeia. Numa viagem de jangada num dia chuvoso, ele salva o rico coronel Felipe Rosa e sua filha, que ficam presos nessa pequena aldeia de pescadores até a chegada de um barco, que os levam de volta a cidade do Recife. Por causa de intrigas, Cora e Aitaré se desentendem. Somente cinco anos mais tarde, eles se reencontrarão para tentar esclarecer as coisas.
60 min | Livre

03 maio | Camões dos Lusíadas e dos Cordéis (2014)
Documentário. De Valdir Oliveira. Com Adriano Cabral. O filme narra aspectos relevantes da trajetória de Luiz Vaz de Camões, considerado um dos principais expoentes da literatura de língua portuguesa. Gravado em Portugal e no Brasil, ele aborda também a figura do poeta a partir da literatura de cordel e do anedotário brasileiro.
50 min | Livre

30 março | A Filha do Advogado (1926)
Ficção. De Jota Soares. Com Euclides Jardim, Guiomar Texeira, Jota Soares. O advogado Dr. Paulo Aragão, antes de seguir viagem para a Europa, conta ao seu amigo Lucio que tem uma filha biológica morando com a mãe numa fazenda. Então, Lucio recebe a missão de trazer as duas à capital, o que ele não sabia é que se apaixonaria por uma delas.
90 min | Livre

22/23 março | Casa Grande e Senzala (1998)
Ficção. De Nelson Pereira dos Santos. Com Narração do professor Edson Nery, amigo e biógrafo do autor e com participação de Vânia Terra, Gheuza Sena, Ellyne Peixoto e Helena Menezes esta série de quatro documentários faz uma leitura afetiva da grande obra de Gilberto Freyre.

16 fevereiro  |  Sete Corações (2014)
Documentário. De Dea Ferraz.Sete músicos. Um ritmo. Um amor: O FREVO. A história de um eterno amor de carnaval é contada por sete maestros, embalada por uma trilha composta a 14 mãos. Um registro histórico da obra e vida dos sete principais, e remanescentes, compositores de frevo de Pernambuco.
97 min | Livre

SESSÕES REALIZADAS EM 2018

17 novembro  |  Veneza Americana (1925)
Documentário. De Ugo Farangola. Um documentário mudo sobre o belíssimo progresso de Pernambuco, com destaque na construção do novo cais de Recife.
68 min | Livre
A exibição contou com trilha sonora ao vivo do músico Felipe Monteiro, audiodescrição para pessoas cegas ou com baixa visão e janela de Libras.

15 setembro | Mostra Super 8 - Ivan Cordeiro
Porque Deixei de Cantar (1980) com Pinto do Monteiro, de Sertânia, recitando suas poesias.
Censura Livre (1981) um doc sobre o fim dos cinemas de rua no Recife.
Convicentegil (1982) com o artista plástico Gil Vicente sobre a força das imagens.
23rd y Union (1994) apresenta um dia de uma família que vende frutos do mar em um foodtruck em Los Angeles.
60 min | Livre

21 julho  |  Veneza Americana (1925)
Documentário. De Ugo Farangola. Um documentário mudo sobre o belíssimo progresso de Pernambuco, com destaque na construção do novo cais de Recife.
68 min | Livre
A exibição contou com trilha sonora ao vivo do músico Alex Mono e audiodescrição para pessoas cegas ou com baixa visão.

30 junho  |  A História da Eternidade (2014)
Ficção. De Camilo Cavalcante. Com Cláudio Jaborandy, Débora Ingrid, Irandhir Santos. Em um pequeno vilarejo no Sertão, três histórias de amor e desejo revolucionam a paisagem afetiva de seus moradores. Personagens de um mundo romanesco, no qual suas concepções da vida estão limitadas, de um lado pelos instintos humanos, do outro por um destino cego e fatalista.
120 min | 16 anos

26 maio  |  O Rochedo e a Estrela (2007)
Documentário. De Katia Mesel. O documentário aborda a história e expansão da comunidade judaica no Recife. Ressalta a importância dos “cristãos novos” (judeus batizados à força pelo governo português) e da luta de Maurício de Nassau pela liberdade religiosa.
80 min | Livre

14 abril  |  O Canto do Mar (1953)
Ficção. De Alberto Cavalcanti. Com Aurora Duarte, Cacilda Lanuza, Margarida Cardoso. No litoral nordestino, que acolhe imigrantes do sertão à espera de viagem para o Sul, é onde se passa o drama de uma família que enfrenta a miséria, devido a problemas financeiros e psicológicos.
84 min | 14 anos

31 março  |  Mostra Geneton Moraes Neto
Mostra Super-8 do jornalista e cineasta Geneton Moraes Neto, digitalizada em 4 k.
Palestrante: Rubens Machado (USP)