O Cinema da Fundação exibe sessões on-line gratuitas no seu portal, enquanto as salas de exibição estão fechadas por conta da pandemia da Covid-19. O Cinema em Casa traz uma programação semanal de três longas-metragens, exibidos de terça a domingo, no portal www.cinemadafundacao.com.br.

SESSÕES REALIZADAS EM 2021

Programação 18 a 23 maio

Santa Monica (2015)
Ficção | 70 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Felipe André Silva
Sinopse: Levando consigo apenas uma mala azul, fugindo em um avião, um homem desaparece durante a madrugada, determinado a nunca mais retornar para o lugar em que vivia.

Parquelândia (2018)
Documentário | 73 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Cecília da Fonte
Sinopse: O documentário acompanha o cotidiano de trabalhadores e trabalhadoras de um parque de diversões itinerante que atravessa o sertão do Piauí e Pernambuco, e revela as condições precárias de trabalho a que essas pessoas estão submetidas.

Vigias (2010)
Documentário | 71 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Marcelo Lordello
Sinopse: Enquanto dormimos, outros vigiam. Homens que velam o sono da cidade e seus medos, fornecendo etéreas sensações de segurança. O documentário propõe um mapeamento da violência cotidiana a partir da rotina dos guardiões de prédios de classe média no Recife.

Organismo (2017)
Ficção | 97 min | Sessão Cinemateca On-line
Direção: Jeorge Pereira
Sinopse: Diego é um jovem com uma vida simples e encaminhada que, após sofrer um grave acidente, vê a sua rotina transformada drasticamente ao ficar tetraplégico.

Programação 11 a 16 maio

Todas as Cores da Noite (2015)
Ficção | 70 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Pedro Severien
Sinopse: Iris acaba de dar uma grande festa em sua casa. Quando os convidados vão embora, ela descobre um homem morto e desconhecido no local. Junto da amiga Fernanda e da governanta Elga, Iris tenta descobrir o que aconteceu.

O Exercício do Caos (2013)
Ficção | 71 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Frederico Machado
Sinopse: Um pai autoritário vive com suas três filhas adolescentes em uma fazenda no interior do Maranhão. As meninas sofrem com a ausência da mãe, supostamente desaparecida, e ao mesmo tempo precisam lidar com a exploração de um sombrio capataz.

O Gigantesco Ímã (2015)
Documentário | 75 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Petrônio Lorena e Tiago Scorza
Sinopse: Acompanhe o percurso de Evangelista Ignácio de Oliveira, o "Vanja", cientista e inventor pernambucano nascido em 1929. Apesar de nunca ter estudado em escolas, Vanja dedicou a sua vida à criação de novas máquinas, simplificação das já existentes, e o desenvolvimento de teorias astrofísicas.

Programação 04 a 09 maio

As Cores do Divino (2020)
Documentário | 78 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Victor Costa Lopes
Sinopse: Documentário realizado a partir de conversas com pessoas LGBTQI+, unidas por um traço em comum: todas já fizeram parte, ou ainda fazem, de alguma instituição religiosa. O filme traça um instigante panorama sobre a relação entre religião e sexualidade.

Banco Imobiliário (2016)
Documentário | 61 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Miguel Antunes Ramos
Sinopse: Brian caminha por seu bairro de infância, procurando áreas para uma incorporação imobiliária. Romeo desenha uma estratégia de marketing. Carla planeja novos investimentos vendo a cidade do alto. O filme se aproxima das figuras humanas envolvidas em decisões que afetam centenas de pessoas nas grandes cidades brasileiras.

O Homem da Cabine (2008)
Documentário | 90 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Cristiano Burlan
Sinopse: Entre o claro e o escuro das salas de projeção, existe um profissional pouco conhecido da plateia: o projecionista. A partir do microcosmo das salas de cinema, o documentário faz um registro da rotina desses trabalhadores, que possuem uma longa e solitária jornada de trabalho.

Beco (2019)
Documentário | 72 min | Sessão Cinemateca On-line
Direção: Camilo Cavalcante
Sinopse: Um mergulho no Beco do Inferno, localizado ao lado do mercado de Afogados, em Recife, onde histórias de vidas se cruzam diariamente num movimento incessante.

Programação 27 abril a 02 maio

KFZ-1348 (2008)
Documentário | 82 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Gabriel Mascaro e Marcelo Pedroso
Sinopse: Em 1965, um fusca é vendido a um jovem engenheiro civil de São Paulo. Quarenta anos se passam e o carro vai parar num ferro-velho do Recife. Nessa trajetória, o carro passou pelas mãos de outros sete proprietários. Para cada um deles, o fusca teve seu valor e importância, em diferentes momentos da história do Brasil.

Éramos em Bando (2020)
Documentário | 54 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Marcelo Castro, Pablo Lobato e Vinícius de Souza
Sinopse: Impedidos de estrear seu 25º espetáculo por conta da pandemia da Covid-19, atrizes e atores do Grupo Galpão se lançam em uma primeira experiência artística no ambiente virtual. Um trabalho de resistência poética.

Inaudito (2017)
Documentário | 88 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Gregório Gananian e Danielly O.M.M
Sinopse: Documentário realizado com Lanny Gordin, guitarrista fundamental da Tropicália, que “eletrizou” Gal Costa, Gilberto Gil, Caetano Veloso e muitos outros. Lanny nos revela o seu processo libertário de composição, embarcando em uma odisseia pelo Brasil e pela China, seu país de nascimento.

Programação 20 a 25 abril

Estradeiros (2011)
Documentário | 79 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira
Sinopse: O filme registra o estilo de vida de uma tribo nômade que, formada por indivíduos de diversas origens, vive da arte que vende percorrendo vários lugares da América Latina

O Grão (2007)
Ficção | 88 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Petrus Cariry
Sinopse: Sentindo a morte aproximar-se, Perpétua decide preparar o neto Zeca para a separação. Ela conta ao menino a história de reis que sonham em trazer seu filho morto de volta à vida, isso enquanto acontecem os preparativos de um casamento.

Depois da Chuva (2013)
Ficção | 90 min | Mostra Meu Primeiro Longa
Direção: Cláudio Marques e Marília Hughes
Sinopse: No ano de 1984, dois jovens baianos de 16 anos começam a perceber que estão vivendo uma fase importante do país. A descoberta do contexto político, com as eleições diretas para Presidente, mistura-se às descobertas sexuais e ao fim da adolescência.